Skip Navigation

Edifício do Museu Nacional de Arte Antiga - detalhe

Designação

Designação

Edifício do Museu Nacional de Arte Antiga

Outras Designações

Museu das Janelas Verdes
Palácio Alvor

Categoria / Tipologia

Arquitectura Civil / Museu

Inventário Temático

-

Localization

Divisão Administrativa

Lisboa / Lisboa / Estrela

Endereço / Local

Rua das Janelas Verdes
Lisboa
1200 Lisboa

Número de Polícia: 9

Proteção

Situação Actual

Classificado

Categoria de Protecção

Classificado como IIP - Imóvel de Interesse Público

Cronologia

Decreto n.º 516/71, DG, I Série, n.º 274, de 22-11-1971 (ver Decreto)

ZEP

Portaria n.º 512/98, DR, I Série-B, n.º 183, de 10-08-1998 (ver Portaria)

Zona "non aedificandi"

-

Abrangido em ZEP ou ZP

Abrangido por outra classificação

World Heritage

-

Descrições

Nota Histórico-Artistica

Instalado no antigo palácio do século XVIII que pertenceu aos Condes de Alvor, o Museu Nacional de Arte Antiga é o mais antigo e mais importante do país. A sua história começa em 1884, ano em que foi criado sob oa designação de Museu Nacional de Belas-Artes e Arqueologia. Posteriormente, mudou de nome e de atribuições ao sabor das vagas político-ideológicas que se sucederam em Portugal ao longo das primeiras décadas do século XX, mas em nenhum momento foi secundarizada a recolha, estudo e exposição de obras de arte que afluiam ao Museu. Entre 1982 e 1983 foi objecto de uma reforma museológica que permitiu uma melhor exposição do principal núcleo - a colecção de pintura portuguesa - e em anos recentes este processo de renovação foi alargado a todo o conjunto. O ecletismo do acervo do Museu está bem expresso nos vários núcleos que alberga, desde a imaginária medieval, propriedade do Comandante Vilhena e doada após a sua morte, até ao mobiliário português, passando pela arte namban ou pela pintura europeia da Idade Moderna e, claro, pelo núcleo de pintura antiga portuguesa.
PAF

Images

Bibliografia

Título

"Palácios e solares portuguezes (Col. Encyclopedia pela imagem)"

Local

Porto

Data

1900

Autor(es)

SEQUEIRA, Gustavo de Matos